A CIÊNCIA NO CORONAVÍRUS: ENTRE A SAÚDE E A ECONOMIA


.

Nunca se falou tanto na ciência e na validade do conhecimento científico como estamos vendo neste período de Pandemia do Coronavírus.

A base da ciência é a razão, e o que fundamenta a razão é a dúvida.

Quando o cientificismo, que é a crença absoluta na verdade científica domina, os argumentos deixam de ser lógicos e tornam-se dogmáticos, podendo chegar ao fanatismo.

A dúvida nos faz questionar se aquilo que acreditamos é realmente verdade. Por meio da dúvida, ampliamos o conhecimento.

Quando uma ideologia dominante cria em nós convicções totalizantes, conduzidas pela emoção, passamos a agir inconscientemente e a negar e julgar outras formas de pensamentos também embasados na ciência.

A história tem nos mostrado, que o conhecimento representado pelos interesses sublunares de uma ideologia dominante, nos tem levado ao abismo, e, mesmo sendo afetados, não conseguimos ver e sentir.

Não se pode defender a liberdade e ao mesmo tempo defender o controle totalitário governamental.

A filósofa russa-americana Ayn Rand, escreveu na década de 40 o seguinte: “Quando você perceber, que para produzir, precisa obter a autorização de quem não produz nada; quando comprovar que o dinheiro flui para quem negocia não com bens, mas com favores; quando perceber que muitos ficam ricos pelo suborno e por influência, mais que pelo trabalho, e que as leis não nos protegem deles, mas, pelo contrário, são eles que estão protegidos de você; quando perceber que a corrupção é recompensada, e a honestidade se converte em auto-sacrifício; então poderá afirmar, sem temor de errar, que sua sociedade está condenada”.

Essa fala de Rand, é extremamente atual, quando percebemos a criação de uma polarização que confronta a saúde com a economia. Neste momento em que a Saúde é prioritária para todos, precisamos refletir o que vai além desse confronto:

1- Os governantes, de fato, estão agindo eticamente para garantir à Saúde individual e coletiva?

2- Os recursos gerados pelo nosso trabalho em forma de impostos, foram e estão sendo usados em sua totalidade e de forma eficiente na Educação, Saneamento, Moradia e Saúde da população?

3- Os recursos volumosos que estão chegando na saúde, deixarão hospitais mais equipados e profissionais mais habilitados e valorizados parara melhor atender a população pós a pandemia?

Criou-se neste período, uma ideia de condenação sobre aqueles que defendem seu direito individual de terem a liberdade de trabalhar e produzir, fruto de uma visão parasitária de sociedade, que legaliza e institucionaliza o uso da força e da violência contra os que produzem e defendem sua liberdade individual.

Pela Ética, fazemos o julgamento do bem e do mal. Quais os elementos que nos baseamos para fazermos esse julgamento?

É preciso refletir que a menor minoria na terra é o indivíduo. Aqueles que negam os direitos individuais não podem se dizer defensores das minorias.

OUÇA O ÁUDIO ABAIXO

https://soundcloud.com/maisreinaldo/a-ciencia-no-coronavirus-entre-a-saude-e-a-economia


26 visualizações
Logo%20Professor%20REINALDO%20JUNHO%2020